Moçambique: Renamo submete candidatura de Momade a Presidente da República

A Renamo oficializou a candidatura do seu líder, Ossufo Momade, à presidência de Moçambique, ao ter submetido a mesma esta quarta-feira, 26 de junho, para a as eleições de 15 de outubro. Segundo o secretário-geral do partido, André Magibire, foram cumpridos todos os requisitos para o procedimento efetuado.

Foi o mandatário da maior formação política da oposição no país, Venâncio Mondlane, que se dirigiu ao Conselho Constitucional (CC) para legitimar a candidatura de Momade, tendo sido acompanhado pelo secretário-geral e por alguns membros da Comissão Política da Renamo. O CC recebeu, verificou e a acusou a receção dos documentos para a formalização da candidatura.

Quando questionado pela imprensa sobre por que razão o presidente da Renamo não testemunhou este acto, Magibire afirmou que Momade está ocupado com assuntos do partido na Serra da Gorongosa. A pergunta foi feita porque, apesar de a lei moçambicana não exigir a presença do candidato à eleição presidencial, é habitual os concorrentes estarem no ato de apresentação para saudarem os militantes e falarem à imprensa.

Sobre o recenseamento eleitoral, o secretário-geral disse tê-lo considerado vergonhoso, indicando o caso da província de Gaza, a sul do país, que ganhou mais dez mandatos para a Assembleia da República por ter ultrapassado a meta do número de registo de eleitores. O político acusou o Secretário Técnico de Administração Eleitoral (STAE) de ter programado a manipulação do recenseamento para beneficiar a Frelimo, partido no poder.

Recorde-se que a submissão de candidaturas para as eleições presidenciais decorre até 16 de julho.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial e França querem aumentar esforços na Defesa

Guiné Equatorial e França querem aumentar esforços na Defesa

A Guiné Equatorial e a França têm o objetivo de redobrar esforços no setor da Defesa.  O vice-presidente equato-guineense, Nguema…
Cabo Verde: Correia e Silva admite falta de recursos humanos no MP

Cabo Verde: Correia e Silva admite falta de recursos humanos no MP

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, reconheceu que há falta de recursos humanos no Ministério Público (MP). A afirmação…
Angola: BNA exige reporte sobre pedidos de concessão de crédito

Angola: BNA exige reporte sobre pedidos de concessão de crédito

O Banco Nacional de Angola (BNA) passa a exigir que as instituições financeiras bancárias submetam informações sobre os pedidos de…
Moçambique: Governo aprova salários precisos no âmbito da TSU

Moçambique: Governo aprova salários precisos no âmbito da TSU

O Governo moçambicano aprovou nesta terça-feira, 17 de janeiro, os quantitativos definitivos de remunerações dos funcionários do aparelho do Estado…