Moçambique: Repatriados 164 moçambicanos ilegais na África do Sul

As autoridades sul-africanas repatriaram 164 moçambicanos que viviam ilegalmente no país. Os visados terão sido detidos por cometer várias irregularidades na África do Sul

De acordo com o porta-voz da Direção Provincial de Migração de Maputo, Juca Bata, dos 164 moçambicanos deportados, quatro foram acusados de crimes de homicídio voluntário e furto na via pública. 

“De entre estes, alguns foram acusados de cometimento de diversas irregularidades e crimes, tendo sido dois por homicídio voluntário e outros dois por furto na via pública”, afirmou, citado pela “Folha de Maputo”. 

As autoridades migratórias na província de Maputo estão a trabalhar, em coordenação com a Direção de Trabalho Migratório da África do Sul, para reverem a situação. Os casos de moçambicanos deportados no país vizinho por ilegalidade têm aumentado. 

“Estamos a falar concretamente de trabalhadores das farmas, mineiros, que são emitidos os seus passaportes, com vista a evitar que os mesmos exerçam alguma atividade laboral naquele país sem documentos, que no final culminavam com o seu repatriamento. Ao nível local, também se trabalha com a sensibilização da população geral com vista que todos obtenham documentos, daí que todas as direções, vão constituindo brigadas móveis para a emissão de passaportes, com vista a evitar que nenhum cidadão moçambicano saia do país sem documentos”, partilhou Bata. 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…