Moçambique: Restabelecida a rede elétrica em Cabo Delgado

Está desde a tarde da terça-feira, 23 de novembro, restabelecida a corrente elétrica em toda província de Cabo Delgado de acordo com o comunicado de imprensa da Electricidade de Moçambique, E. P. (EDM). A empresa informa os seus clientes e o público em geral que concluiu com sucesso, esta semana, os trabalhos de restabelecimento de energia a todos os distritos da zona norte da Província de Cabo Delgado afectados pelos ataques terroristas.

“Depois de restabelecido o fornecimento da corrente eléctrica nos distritos de Mueda, a 3 de Setembro; Mocímboa da Praia, a 11 de Setembro; Nangade a 27 de Setembro; e Palma, a 8 de Outubro; a energização, a 22 de Novembro, do distrito de Muidumbe, que se encontrava desprovido de energia desde 20 de Agosto de 2020, representa o culminar das intervenções de emergência de curto prazo iniciadas com a recuperação e energização da subestação de Awasse”, refere a nota.

As obras para reposição do fornecimento de energia no norte de Cabo Delgado, segundo a mesma nota, contaram com o financiamento do Governo de Moçambique e fundos próprios da EDM, estando em curso a mobilização de fundos junto dos parceiros de cooperação para reconstrução definitiva do sistema eléctrico daquela região do País.

Aurelio Sambo- Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

O Fundo Monetário Internacional (FMI) derrubou as suas previsões de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2022…
Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, inicia nesta quarta-feira, 26 de janeiro, uma visita de trabalho à província de…
Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

A declaração foi feita pelo porta-voz da Bancada parlamentar do PAICV, Walter Évora, durante a conferência de imprensa de balanço…
Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o Plano Anual de Endividamento…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin