Moçambique

Moçambique: SADC considera país preparado para realização de eleições justas

A missão de observadores da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC, sigla inglesa) disse que acredita que Moçambique está preparado para realizar eleições justas e transparentes na próxima terça-feira, 15 de outubro.

A avaliação foi feita em Maputo pela chefe da missão da SADC e ministra da Defesa, Segurança e Veteranos de Guerra do Zimbabué, Oppah Muchinguiri-Kashiri, à saída de um encontro com o ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, José Pacheco.

Muchinguiri-Kashiri não partilhou pormenores, mas frisou que a vinda da missão, composta por 61 elementos, foi preparada por um grupo de avanço que se encontra há dias no país. Os elementos irão espalhar-se pelo território e ficarão até ao dia 21 de outubro.

Já Pacheco declarou que, durante a conversa que manteve com os observadores da SADC, deu informações sobre a situação política, económica e social do país, bem como sobre o processo de preparação das eleições gerais e da campanha eleitoral, que teve início a 31 de agosto.

O chefe da diplomacia moçambicana garantiu que foram tomadas medidas específicas e gerais para que todos os observadores das eleições cumpram a sua missão e para a salvaguarda da integridade territorial.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo