Moçambique: SAMIM continua em Cabo Delgado até janeiro de 2022

A Troika do Órgão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa) para Cooperação nas Áreas de Política e Defesa reuniu-se nesta terça-feira, 05 de outubro, para avaliar o decurso da missão militar dos países da África Austral no combate ao terrorismo na província moçambicana de Cabo Delgado

Durante a cimeira realizada em Pretória, capital sul-africana, os presentes concluíram que a missão deve ser estendida até janeiro de 2022. Recorde-se que a mesma tinha sido aprovada para um período de apenas três meses, o que faria com que acabasse neste mês de outubro. 

Foi a África do Sul que convocou este encontro, uma vez que dirige, atualmente, a Troika. No local estiveram presentes os Chefes de Estado e de Governo de Moçambique, como convidado e anfitrião da missão militar e humanitária, e ainda os de Namíbia e do Botsuana que são vice-presidentes. 

Antes de ter sido tomada a decisão de estender o prazo da missão militar em Cabo Delgado foi analisado o relatório de progresso da missão, de acordo com a declaração do Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, à saída do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin