Moçambique: Secretário de Estado em Nampula encoraja SERNIC na luta contra o crime

O Secretário do Estado na província de Nampula, Mety Gondola, encorajou na sexta-feira, o Serviço Nacional de Investigação Criminal, a lutar contra o crime organizado naquela região do norte do país.

Desde o ano passado, na província de Nampula, as autoridades têm aumentado a pressão em cidadãos envolvidos no consumo e tráfico de drogas, bem como de criminosos que se auto-intitulam de “homens canta”, que nos últimos dias, assaltam diferentes bairros da urbe. As vítimas não são apenas cidadãos comuns, como também elementos da polícia. 

“Nós estamos cientes das dificuldades que tem estado a prestar não são poucas, meios circulantes e algumas intervenções que devem ser feitas em termos de recursos humanos” disse Gondola, apelando “continuem a trabalhar enquanto criarmos condições para melhorarmos a situação.” 

O Secretário do Estado em Nampula falava aos agentes do SERNIC por ocasião dos cinco anos da sua criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin