Líder do MDM, Daviz Simango

Moçambique: Simango diz que solução de Nyusi para travar ataques prejudica o povo

O presidente do MDM, Daviz Simango, reagiu nesta terça-feira, 19 de novembro, na Beira, às declarações do Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, sobre os ataques ocorridos no centro do país.

O Chefe de Estado afirmou que deu ordens às Forças de Defesa e Segurança para responderem às invasões através de perseguições aos atacantes, para que estes possam ser responsabilizados pelos crimes na Justiça.

“Todos dizem que não estão envolvidos. Já que ninguém quer assumir (os ataques), nós orientamos as Forças de Defesa para perseguir essas pessoas para que sejam responsabilizadas”, disse durante um comício popular que orientou em Gorongosa, na província de Sofala.

Para Simango, a solução de “bala por bala” só vai causar sofrimento à população, que pagará assim pela “arrogância dos beligerantes”. O dirigente considera que a cultura de diálogo com armas está a destruir o país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Luanda recebe angolanos fugidos da Ucrânia

Angola: Luanda recebe angolanos fugidos da Ucrânia

Os angolanos que moravam na Ucrânia e decidiram fugir, incluindo estudantes bolseiros refugiados em Varsóvia, na Polónia, chegaram a Luanda…
Rússia recusa discutir segurança nuclear em Chernobyl

Rússia recusa discutir segurança nuclear em Chernobyl

A Rússia rejeitou nesta segunda-feira, 07 de março, a proposta da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) para uma reunião…
Moçambique: INSS apela a contribuintes da empresa Dougongo Cimentos a aderir ao uso do sistema on-line

Moçambique: INSS apela a contribuintes da empresa Dougongo Cimentos a aderir ao uso do sistema on-line

A brigada da Delegação distrital do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) de Matutuine, na província de Maputo, deslocou-se, na…
Cabo Verde: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

Cabo Verde: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

O projeto “Believe”, foi criado dentro da cadeia de são Martinho pelo Walter Barros, em novembro de 2017 depois de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin