Moçambique: STAE diz que Mocímboa da Praia não é segura para eleições

Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado

O Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) de Moçambique considera que o distrito de Mocímboa da Praia, localizado a norte da província de Cabo Delgado, não tem condições de segurança para a realização do recenseamento eleitoral. 

A conclusão consta de um relatório elaborado pela entidade, onde é analisada a situação de segurança em Cabo Delgado face à realização das eleições autárquicas de 2023. 

Nesse documento, referido pela “Carta de Moçambique”, pode ler-se que, apesar de Mocímboa da Praia ser o único território autárquico que apresenta condições mínimas para a realização do recenseamento eleitoral, necessita de alguns ajustes na componente de segurança. 

O motivo deve-se aos frequentes ataques terroristas ocorridos em Cabo Delgado desde outubro de 2017, inclusive na zona de Mocímboa da Praia. Nesta área, o STAE recomenda o reforço da segurança no perímetro dos Postos de Recenseamento, com a alocação de pelo menos dois elementos de protecção em cada brigada, bem como a  alocação de meios aéreos para colocação, supervisão, assistência técnica e recolha das brigadas, e ainda o aumento do número de brigadas, de quatro para nove. 

O STAE considera igualmente que não estão totalmente criadas as condições de segurança para o arranque do recenseamento eleitora nos distritos de Mueda, Montepuez, Chiúre, Pemba, Balama e Ibo. Por isso, em todos os distritos municipais de Cabo Delgado, recomenda a alocação de meios aéreos e o reforço da segurança e proteção do perímetro dos Postos de Recenseamento Eleitoral, com o aumento do número de elementos de proteção, de um para dois, em cada brigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) está “muito preocupado” com a situação da infância no país.  Neste…
Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, está a aproveitar a sua estadia na Coreia do Sul para incentivar…
Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

O Governo angolano aprovou a Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção nesta segunda-feira, 03 de junho.  Trata-se de…
Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

O julgamento do suposto golpe de Estado de 1 de Fevereiro de 2022 foi adiado. O Tribunal decidiu suspender a…