Moçambique tem falta de mecanismos para controlar Covid-19 nas escolas

O Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique admitiu que ainda não possui mecanismos fiáveis para o rastreio e controlo da Covid-19 nas escolas. A informação foi avançada em entrevista pela Chefe da Repartição de Educação Geral do Serviço de Assuntos Sociais na Direção de Educação da cidade de Maputo, Sandra Machaieie.

Esta fonte indica que os casos positivos de Covid-19 reportados pelo setor, até ao momento, resultam das informações fornecidas às direções das escolas pelos pais e encarregados de educação dos alunos infetados, além dos professores infetados, e não da testagem destes.

Isto significa, prosseguiu, que o setor da educação não conhece a real situação das escolas do país. Desde o início do segundo trimestre que Maputo registou um cumulativo de 21 casos positivos em alunos e professores das escolas públicas e privadas. Dos infetados, 11 são alunos, oito são professores e dois são funcionários.

“Para os alunos que tiveram contacto com os casos positivos faz-se o rastreio. Nós trabalhamos sempre em coordenação com a Direção da Saúde e, em qualquer situação, ligamos para a Direção Distrital da Saúde e para a Direção de Saúde da cidade e juntam-se a nós e fazemos o trabalho. São eles que vêm fazer desinfeção e o rastreio dos contactos. (…) Faz-se a testagem apenas para os alunos que tiverem sintomas sugestivos e não colocamos crianças em casa porque um aluno testou Covid-19”, explicou Machaieie.

A responsável acrescentou que nenhuma escola pública está encerrada na cidade de Maputo. Quanto às privadas, fecharam por iniciativa própria e sem comunicar as autoridades da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin