Moçambique

Moçambique: Terroristas suspeitos de roubar mais de 30 milhões de meticais

O Chefe do Posto Policial de Afungi, Pedro da Silva Negro Pambe, declarou que foi feito um levantamento de mais de 30 milhões de meticais (407.208 euros). A informação foi dada pelo Gestor do balcão do Millennium BIM, em Palma. 

Assim, os terroristas que realizaram o ataque à vila-sede do distrito de Palma, ocorrido a 24 de março, poderão ter furtado a referida quantia em dinheiro vivo. Isto porque o BIM foi um dos três bancos comerciais assaltados pelos insurgentes durante a invasão à sede distrital de Palma. 

Foram igualmente alvos de ataque os balcões do Standard Bank e do Banco Comercial e de Investimentos (BCI). Este último foi assaltado, incendiado e destruído. 

Nos três bancos comerciais permanecem visíveis os danos causados pelos criminosos. Não existem testemunhas oculares em relação a estes assaltos, uma vez que a população estava preocupada em garantir a sua segurança. 

Também não se sabe exatamente o dia dos furtos, uma vez que a invasão durou 11 dias. As Forças de Defesa e Segurança afirmaram já que não foi recuperado dinheiro dos cofres e máquinas arrombados nos três bancos, o que pressupõe que os terroristas terão levado tudo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo