Moçambique: Venâncio Mondlane sente-se abandonado e traído pela direcção da RENAMO

O cabeça-de-lista da RENAMO, na cidade de Maputo, Venâncio Mondlane, deu, hoje, um ultimato à direção do partido para escolher entre o lado da verdade eleitoral ou do Conselho Constitucional (CC). Após a leitura do Acórdão do Conselho Constitucional que ditou a vitória da FRELIMO nas 60 autarquias, incluindo a autarquia de Maputo, Venâncio Mondlane suspeita que a direção da RENAMO tenha abandonado a luta pela reposição da verdade eleitoral a troco de algum acordo.

O político, que é também deputado da Assembleia da República, disse que “há gente do partido que estava connosco na campanha e que tem responsabilidades e não está aqui com o povo. Parece que já sabiam desse resultado. Se calhar estão lá a brindar com os outros.”

Perante alguns membros e simpatizantes do partido, em Maputo, Venâncio Mondlane, visivelmente indignado, espera que “a direção da RENAMO saiba respeitar a vontade do povo e de que lado deve ficar: do lado do Conselho Constitucional com as suas mentiras e falsidade, ou do lado do povo, com a verdade.”

Mondlane anunciou que o partido vai reunir-se ainda hoje para avaliar os resultados apresentados pelo CC e garante que nessa reunião vai afirmar que “não se pode fazer negócio com a vontade do povo. É vontade nobre, de Deus.” 

O cabeça-de-lista da RENAMO criticou ainda o facto de o partido ter emitido uma ordem para os membros e simpatizantes não se aglomerarem durante o anúncio dos resultados pelo CC. “Não quero colocar-me como rebelde para a minha chefia e direção do partido, mas espero uma orientação da verdade,” concluiu. 

Aurélio Sambo – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

A Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, recebeu em audiência a líder da Assembleia Parlamentar da Organização dos…
Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de…
Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

O Ministério do Interior da Guiné-Bissau informou esta segunda-feira, 19 de Setembro, ter detido 41 indivíduos de nacionalidade camaronesa, assim…
Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

A União Europeia (UE) vai financiar, com 90 milhões de euros, quatro novos projetos, em Angola. O montante vai ser…