Moçambique: Vítimas de terrorismo fogem para o Malawi

Malawi bandeira

Alguns dos moçambicanos vítimas de ataques terroristas na província de Cabo Delgado têm procurado refúgio no Malawi, país vizinho de Moçambique. Aqueles vindos do Teatro Operacional Norte (TON) já entraram no Malawi em pequenos grupos, à procura de um abrigo seguro.

A informação foi avançada pela estação radiofónica Zodiack Broadcasting Station (ZBS), que mencionou relatos sobre a presença de moçambicanos no distrito malawiano de Mangochi. O ministro malawiano do Interior, Richard Chimuthu Banda, irá estar no terreno ainda esta semana para se inteirar acerca da presença dos moçambicanos em território malawiano.

Moçambique e Malawi partilham uma larga fronteira terrestre, lacustre e fluvial, que corresponde a cerca de 1.400 quilómetros. A fronteira terrestre, de cerca de 800 quilómetros, não tem qualquer vedação.

A “Carta de Moçambique” lembra que Malawi abrigou mais de um milhão de refugiados moçambicanos entre 1985 e 1995, durante o conflito armado de 16 anos em Moçambique. A crise dos refugiados colocou uma pressão substancial sobre a economia do Malawi, mas atraiu igualmente entradas significativas de assistência internacional.

Também em 2015 e 2016, durante os confrontos entre o exército moçambicano e os homens armados da Renamo, mais de 12 mil moçambicanos, maioritariamente das províncias de Tete e Zambézia, atravessaram a fronteira e procuraram refúgio no Malawi. Estes foram os dados divulgados na altura pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Atualmente, quase todos já regressaram a Moçambique. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Esta semana, o governo libanês anunciou que pretende recuar no pedido de investigações de crimes de guerra israelitas em solo…
Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício…
África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

Os órgãos eleitorais da África do Sul esperaram concluir este fim-de-semana a contagem dos votos das eleições gerais de 29…
Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…