Moçambique | Portugal

Nyusi e Costa analisam Covid-19 e terrorismo em Cabo Delgado

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, com primeiro-ministro de Portugal, António Costa
Filipe Nyusi com António Costa

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, conversou por telefone com o primeiro-ministro de Portugal, António Costanesta terça-feira, 24 de novembro. Na chamada foram abordados temas com a pandemia da Covid-19 e o terrorismo frequente na província de Cabo Delgado. 

Os dirigentes partilharam assim assuntos de interesse comum dos respetivos países, além de terem feito uma avaliação das relações de cooperação bilateral. 

No que diz respeito ao novo coronavírus, Costa incentivou Nyusi a continuar com a gestão das medidas preventivas em curso no país. Por sua vez, o governante de Moçambique aproveitou a ocasião para pedir o apadrinhamento de Portugal na aquisição da vacina contra a Covid-19 assim que a mesma estiver disponível. 

Sobre o combate ao terrorismo, o Presidente atualizou o primeiro-ministro quanto à forma de atuação dos terroristas e agradeceu a solidariedade de Portugal em todas as fases, incluindo dentro do Parlamento Europeu. 

“O Chefe do Estado moçambicano agradeceu em especial a última carta do Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que se solidariza com os moçambicanos face aos últimos ataques dos terroristas no distrito de Muidumbe, pode ler-se no comunicado divulgado. 

Ainda segundo esse documento, Costa terá colocado o seu país à disposição para apoiar Moçambique na luta contra a violência armada, tanto no âmbito da União Europeia como na cooperação bilateral.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo