América do Norte | Moçambique | Portugal

Portugal e EUA reagem aos ataques terroristas em Palma

Militares na província de Cabo Delgado
Militares na província de Cabo Delgado

Os governos de Portugal e Estados Unidos da América (EUA) condenaram veementemente o ataque terrorista ocorrido na quarta-feira24 de março, contra a vila de Palma, na província de Cabo Delgado. 

O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e a Embaixada dos EUA em Moçambique declararam, através de notas separadas, que acompanham a situação com preocupação e que estão em comunicação com as autoridades moçambicanas. 

Em ambos os documentos é salientada a solidariedade para com as autoridades e o povo moçambicano, além do empenho nos reforços de cooperação com Moçambique, a nível bilateral, para a estabilização em Cabo Delgado. 

Os americanos expressaram solidariedade para com a comunidade de Palma e as Forças Armadas de Moçambique, que trabalham para o restabelecimento da paz e da segurança naquela zona do país. Ainda segundo os EUA, a embaixada está muito preocupada com os frequentes ataques armados contra os habitantes de Cabo Delgado. 

Assim, prosseguiram, continua a ser acompanhada a situação e mantido o empenhado em trabalhar com o Governo moçambicano para combater o terror e garantir a segurança e prosperidade para todos os cidadãos e residentes. 

Muitos outros países já manifestaram igualmente, usando diversas plataformas, preocupação e repúdio às invasões e actos contra a população de Palma.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo