SADC pondera cooperação contra terrorismo em Moçambique

O ministro das Relações Internacionais e Cooperação do Botswana, Lemogang Kwape, afirmou em Maputo, capital moçambicana, que a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC na sigla inglesa) concorda que a situação de segurança em Moçambique não pode continuar a deteriorar-se. 

Assim, continuou, há a necessidade de uma ação decisiva e abrangente no que diz respeito a uma cooperação dos Estados-membros da SADC em relação ao terrorismo ocorrido na província moçambicana de Cabo Delgado. 

Maputo acolheu nesta quarta-feira, 07 de abril, a reunião extraordinária do comité ministerial da troika da SADC, órgão de defesa e segurança, para uma busca de soluções no que diz respeito ao terrorismo em Cabo Delgado. Recorde-se que esta zona, situada a Norte de Moçambique, é frequentemente invadida desde outubro de 2017. 

Trata-se de um evento preparativo da cimeira extraordinária da troika do órgão, mais a República de Moçambique, que será seguida pela cimeira extraordinária da dupla troika da SADC. 

Ao intervir na sessão de abertura da reunião, Lemogang Kwape declarou que a deterioração da situação de segurança em Cabo Delgado, especialmente os recentes ataques na cidade de Palma, é uma grande preocupação para região e fora dela. 

“As atrocidades e ataques indiscriminados contra a população inocente atingiram, sem dúvida, níveis intoleráveis e não se pode permitir que continuem no nosso quintal. É bastante claro que a situação se transformou numa ameaça à segurança muito maior e numa catástrofe humanitária grave do que inicialmente previsto”expôs o também presidente do comité ministerial do órgão da SADC para a cooperação na política, defesa e segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Prevê-se que até ao final do século malária e dengue afetem mais de 8 biliões de pessoas

Prevê-se que até ao final do século malária e dengue afetem mais de 8 biliões de pessoas

Estima-se que 8,4 biliões de pessoas possam estar sob risco de malária e dengue até o final do século se…
Timor-Leste: Segunda fase de pagamento da Cesta Básica chega a 53 empresas

Timor-Leste: Segunda fase de pagamento da Cesta Básica chega a 53 empresas

O Ministério das Finanças de Timor-Leste realizou o pagamento da segunda fase da Cesta Básica a 53 empresas fornecedoras dos produtos alimentares da…
Cabo Verde: Ganhos na segurança alimentar ameaçados pela Covid-19

Cabo Verde: Ganhos na segurança alimentar ameaçados pela Covid-19

O ministro da Agricultura e Ambiente de Cabo Verde, Gilberto Silva, declarou que os ganhos alcançados pelo país nos últimos anos em matéria…
Angola: João Lourenço diz que país e EUA “estão no caminho certo”

Angola: João Lourenço diz que país e EUA “estão no caminho certo”

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, considera que Angola e os Estados Unidos da América (EUA) “estão no caminho certo” para “importantes…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin