UE investe 15 milhões de euros em operações militares em Moçambique

O Conselho da União Europeia (UE) informou que vai investir 15 milhões de euros em operações militares em Moçambique, através da iniciativa Missão de Formação Militar da União Europeia em Moçambique (EUTM Moçambique). 

Num documento de imprensa divulgado pela Embaixada da UE no país africano em questão pode ler-se que a missão servirá para apoiar uma resposta mais eficiente das Forças Armadas de Moçambique à crise na província de Cabo Delgado, com formação e desenvolvimento de capacidades. 

Recorde-se que várias zonas de Cabo Delgado têm sido frequentemente atacadas desde outubro de 2017. Moçambique começou a ser apoiado a meio deste ano com tropas ruandesas e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa), o que resultou numa forte ofensiva contra os insurgentes e em bons resultados até ao momento

Quanto à EUTM Moçambique, deverá estar operacional assim que estiver concluída a transferência em curso do Projecto de Formação das Forças Armadas Portuguesas. O objetivo é alcançar a sua plena capacidade operacional em meados de dezembro deste ano. 

Esta missão contará com cerca de 140 militares divididos entre dois centros de treino, um para comandos e outro para fuzileiros. Os custos comuns para a EUTM Moçambique, a serem cobertos através do Mecanismo Europeu para a Paz, foram avaliados em 15,16 milhões de euros para um período de dois anos. 

O Comandante da missão é o diretor de Capacitação em Planeamento e Conduta Militar (MPCC), o vice-almirante Hervé Bléjean. Caberá ao brigadeiro-general português Nuno Lemos Pires o papel de comandante da Força da Missão da UE e a liderança da missão no terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

O Fundo Monetário Internacional (FMI) derrubou as suas previsões de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2022…
Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, inicia nesta quarta-feira, 26 de janeiro, uma visita de trabalho à província de…
Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

A declaração foi feita pelo porta-voz da Bancada parlamentar do PAICV, Walter Évora, durante a conferência de imprensa de balanço…
Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o Plano Anual de Endividamento…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin