Valentina Guebuza morta a tiro pelo marido que entretanto terá cometido suicídio nas instalações da polícia de Maputo

A filha do ex-presidente Armando Guebuza, Valentina Guebuza, foi assassinada na noite desta quarta-feira na cidade de Maputo.

Valentina terá sido baleada na sua residência pelo seu marido, Zofimo Muluane, com o qual mantinha divergências conjugais que, nos últimos meses, se acentuaram e vinham a ser alvo de diversos comentários em Moçambique.

Entretanto, Zofimo Muluane que tera sido detido acabou por se suicidar já nas instalações da polícia de Maputo. Desconhecem-se as circunstâncias em que o alegado suicídio terá ocorrido porque a polícia não se pronunciou ainda sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

STP: Tudo pronto para as eleições presidenciais deste domingo

STP: Tudo pronto para as eleições presidenciais deste domingo

O Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, CEN de São Tomé e Príncipe, Fernando Maquengo, disse ontem, sexta-feira, que “ tem…
Moçambique: Professores contra regresso à escola devido ao terrorismo

Moçambique: Professores contra regresso à escola devido ao terrorismo

Um grupo de professores do ensino primário do distrito de Macomia, na província de Cabo Delgado, contestou uma ordem de…
Timor-Leste: Díli com cerca sanitária por mais duas semanas

Timor-Leste: Díli com cerca sanitária por mais duas semanas

O Governo timorense aprovou nesta semana a continuidade da imposição da cerca sanitária no município de Díli por mais 14…
Guiné Equatorial "não tem obsessão" em presidir CPLP

Guiné Equatorial "não tem obsessão" em presidir CPLP

O embaixador da Guiné Equatorial em Lisboa, Tito Mba Ada, sublinhou que o país que representa não tem “uma obsessão”…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin