Angola | Portugal

Angola assina acordos de cooperação judicial com Portugal e as Nações Unidas

Um memorando de entendimento foi assinado, na semana passada, em Luanda, pelas procuradorias-gerais das Repúblicas de Angola e de Portugal, com base à formação de quadros e troca de delegações entre essas instituições do Ministério Público.

«Portugal pretende cooperar com Angola na luta contra o branqueamento de capitais, ajudas judiciárias, formação de magistrados do Ministério Público e na aplicação das convenções internacionais no âmbito jurídico de que ambos os países são estados parte», disse Joana Vidal, procuradora-geral da República portuguesa.

João Maria de Sousa, procurador-geral da República de Angola, assinou também um acordo de cooperação o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que visa contribuir «para a boa governação em Angola».

O representante do PNUD em Angola, o italiano Pier Paolo Balladelli, referiu que este acordo vai reforçar «as boas práticas de governação e contribuir para o reforço da democracia e da justiça social, além da luta contra corrupção».

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo