Portugal | Timor Leste

Portugal aconselha regresso antecipado a portugueses em Timor-Leste

Embaixada de Portugal em Díli

A Embaixada de Portugal em Díli recomendou aos cidadãos portugueses de visita a Timor-Leste que antecipem o regresso ao país de origem, devido à evolução do novo coronavírus (Covid-19).

“Os cidadãos portugueses que se encontram de visita, bem como aqueles que têm viagens programadas num futuro próximo, considerem a possibilidade de anteciparem a sua partida”, pode ler-se num comunicado publicado na página oficial desta entidade na rede social Facebook.

O conselho foi dado numa altura em que está a acontecer uma “imposição de medidas restritivas à circulação de pessoas em muito países, incluindo aqueles utilizados normalmente em itinerário aéreo para Portugal”, e porque estas “decisões são, muitas vezes, precedidas de um curto aviso prévio”.

Apesar de não haver qualquer caso de infeção em Timor-Leste, continuou a Embaixada, esta está a “acompanhar atentamente a evolução da situação da Covid-19 no país”, reconhecendo “os esforços em curso, por parte das competentes autoridades timorenses, no sentido de preparação de infraestruturas de saúde para fazer face a um eventual surto de Covid-19 no país”.

No âmbito desta pandemia, a entidade “recorda as recomendações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial de Saúde e da Direção Geral de Saúde sobre a matéria”.

A publicação surgiu na sequência da decisão de o Governo português aprovar a decisão do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, caso este declare o estado de emergência no país, uma decisão que será tomada nesta quarta-feira, 18 de março.  Até ao momento, foram confirmados 331 casos em Portugal.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo