Portugal continua a aguardar sinal de Moçambique para ajudar

O Governo português está à espera de um sinal do Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, para poder avançar com o seu auxílio no combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado. 

Recorde-se que Portugal quer enviar cerca de 60 militares para a formação das forças especiais moçambicanas, devido ao ataque armado ocorrido na passada quarta-feira, 24 de março, na vila de Palma, em Cabo Delgado. 

No entanto, essintervenção militar só vai acontecer se for pedida por Maputo. Até ao momento, o Governo português não conseguiu convencer Nyusi a tal, apesar da delicada situação que Moçambique atravessa. 

O anúncio do ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, feito na segunda-feira, dia 29, confirmou em números aproximados o reforço da cooperação técnico-militar que o ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, já tinha mencionado no início de fevereiro. 

Entretanto, Portugal tem sido cuidadoso nas declarações que faz sobre a matéria. Santos Silva foi mandatado pela União Europeia para preparar a ajuda europeia a Moçambique, tendo visitado o país em janeiro. 

Quando questionado se o Governo equacionava uma cooperação mais robusta, em vez de apenas formaçãopara vencer os terroristas em Cabo Delgado, o governante lembrou que o chefde Estado moçambicano, Filipe Nyusi, foi “absolutamente claro” quando disse que “são os soldados moçambicanos que têm de defender a terra moçambicana”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

A UCID denunciou publicamente a falta de recursos humanos, materiais, financeiros e tecnológicos no Departamento de Investigação Criminal da Polícia…
Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Os presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, Ursula von der Leyen e Charles Michel, respetivamente, reconheceram nesta terça-feira,…
Cabo Verde: MpD critica invasões às instituições de Brasília

Cabo Verde: MpD critica invasões às instituições de Brasília

O MpD repudia “veementemente” as invasões às instituições dos três poderes da democracia brasileira, ocorridas em Brasília na tarde de…
Moçambique: Mais de 26 mil habitantes do distrito de Montepuez contam com mais um centro de saúde

Moçambique: Mais de 26 mil habitantes do distrito de Montepuez contam com mais um centro de saúde

Reabilitado e equipado, com apoio do Comité Internacional da Cruz Vermelha, o Centro de Saúde de Mapupulo, distrito de Montepuez,…