Portugal e Moçambique reforçam cooperação com 80 milhões de euros

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Francisco André, e o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Manuel Gonçalves, reuniram-se em Maputo nesta segunda-feira, 22 de novembro. 

Segundo o jornal “O País”, no encontro foi assinado o “Programa Estratégico de Cooperação Moçambique – Portugal 2022-2026”, também designado por PEC 22-26. Trata-se de um documento que visa reforçar a cooperação bilateral para o próximo quinquénio e que está orçado em 80 milhões de euros, disponibilizados por Portugal. 

O programa recai sobre as áreas de Educação e Cultura; Saúde; Assuntos Sociais e Trabalho; Justiça, Segurança e Defesa; Ambiente, Energia, Agricultura e Pescas; Finanças Públicas, Economia e Infraestruturas; Ação Humanitária e Resiliência. 

O vice-ministro moçambicano declarou que a assinatura do instrumento jurídico em questão é uma prova evidente de que as relações entre os dois países testemunham uma trajetória de relacionamento diplomático e político sólido e consistente, rumo a uma cooperação económica profícua e a um intercâmbio cultural cada vez mais consolidado. 

Este acordo foi rubricado no contexto da visita do representante português, Francisco André, a Moçambique. O secretário de Estado chegou na segunda-feira, dia 22, e regressa quinta-feira, dia 25.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin