Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas para receber crianças vindas da Ucrânia

O governante falou sobre a possibilidade de ser aumentado o número de turmas ou a contratação de professores, caso venha a ser necessário. O país já concedeu, até ao momento, mais de 5.700 pedidos de proteção temporária, maioritariamente mulheres e crianças. 

“Neste momento, sabemos que estão a chegar crianças a Portugal, mas não sabemos a extensão do número de refugiados que irão chegar. Em função disso, teremos de dar resposta”, explicou à imprensa, à margem de uma visita à Escola Básica e Secundária de Caminha. 

O Ministério da Educação já definiu medidas extraordinárias para o acolhimento nas escolas, estando garantido o acesso ao apoio social escolar. Esta é uma maneira de acelerar a integração dos alunos beneficiários ou requerentes de proteção internacional. 

Numa fase inicial, as crianças refugiadas deverão começar por frequentar aulas para aprender a língua portuguesa e apenas as disciplinas que a escola considerar adequadas. Este é considerado um modelo de “integração progressiva no sistema educativo”

“É importante que a imersão na língua portuguesa possa acontecer o mais rapidamente possível, porque só com o conhecimento da língua portuguesa poderemos depois dar o salto para o currículo”, explicou o governante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

Os Estados Unidos da América (EUA) e os aliados decidiram excluir a Rússia do regime recíproco normal que rege o…
Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que houve “certos desenvolvimentos positivos” nas conversações com a Ucrânia realizadas nesta sexta-feira,…
Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

O Xº Congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que deveria decorrer de 10 a…
Cabo Verde: PAICV quer "gestão transparente" do dinheiro disponibilizado por Portugal

Cabo Verde: PAICV quer "gestão transparente" do dinheiro disponibilizado por Portugal

O PAICV apelou a uma “gestão transparente” dos montantes disponibilizados por Portugal, no âmbito da cimeira bilateral com o país…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin