Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas para receber crianças vindas da Ucrânia

O governante falou sobre a possibilidade de ser aumentado o número de turmas ou a contratação de professores, caso venha a ser necessário. O país já concedeu, até ao momento, mais de 5.700 pedidos de proteção temporária, maioritariamente mulheres e crianças. 

“Neste momento, sabemos que estão a chegar crianças a Portugal, mas não sabemos a extensão do número de refugiados que irão chegar. Em função disso, teremos de dar resposta”, explicou à imprensa, à margem de uma visita à Escola Básica e Secundária de Caminha. 

O Ministério da Educação já definiu medidas extraordinárias para o acolhimento nas escolas, estando garantido o acesso ao apoio social escolar. Esta é uma maneira de acelerar a integração dos alunos beneficiários ou requerentes de proteção internacional. 

Numa fase inicial, as crianças refugiadas deverão começar por frequentar aulas para aprender a língua portuguesa e apenas as disciplinas que a escola considerar adequadas. Este é considerado um modelo de “integração progressiva no sistema educativo”

“É importante que a imersão na língua portuguesa possa acontecer o mais rapidamente possível, porque só com o conhecimento da língua portuguesa poderemos depois dar o salto para o currículo”, explicou o governante.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…
Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

O Parlamento moçambicano oficializou nesta semana o ensino via Internet no país. Assim, estudantes do ensino superior poderão passar a…