Moçambique | Portugal

Portugal pondera enviar militares para ajudar Moçambique

Ministro da Defesa de Portugal, João Gomes Cravinho
João Gomes Cravinho

O ministro da Defesa de Portugal, João Gomes Cravinho, partilhou que existe a possibilidade de enviar forças militares para auxiliar Moçambique no combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado. 

“Portugal está disponível. Moçambique é um país irmão, da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), um país com o qual sentimos grande proximidade e estamos obviamente sempre disponíveis. Em primeira linha, compete às autoridades moçambicanas estabelecer aquilo que entendem por útil. Portugal está completamente disponível”, declarou. 

O governante disse ainda à imprensa que “Portugal tem múltiplas valências que têm sido visíveis” nas Forças Nacionais Destacadas, além de o país possuir “uma longa experiência de trabalho com Moçambique”. 

“Há também um diálogo com a União Europeia (UE) e, havendo uma missão da UE, naturalmente Portugal participaria, mas temos a nossa cooperação bilateral, que continuará e será seguramente reforçada neste âmbito”esclareceu igualmente. 

Recorde-se que o primeiro-ministro português, António Costa, comunicou por telefone com o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, na terça-feira, 24 de novembro. Os principais assuntos abordados terão sido o terrorismo em Cabo Delgado e a pandemia da Covid-19. 

Está marcada uma cimeira bilateral entre os dois países para o segundo semestre de 2021, em Maputo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo