Portugal vai reforçar contributo para conjunto de apoios da NATO à Ucrânia

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, João Gomes Cravinho, anunciou nesta terça-feira, 29 de novembro, que o país vai reforçar o seu contributo no âmbito do apoio que tem sido oferecido pela NATO à Ucrânia.

A informação foi avançada à entrada da reunião do Conselho do Atlântico Norte, que junta hoje e quarta-feira ministros dos Negócios Estrangeiros dos países da NATO no Palácio do Parlamento, em Bucareste, capital da Roménia.

Ainda de acordo com Cravinho, os apoios concretos vão ser debatidos numa reunião ao nível dos ministros da Defesa. Quando questionado pela imprensa sobre as medidas em concreto, respondeu que falaria sobre o assunto dentro da reunião.

O governante mencionou que Portugal já acolheu cerca de 53 mil refugiados ucranianos e que tem cerca de cinco mil crianças em escolas portuguesas. No entanto, espera que estes cidadãos possam regressar em breve ao seu país de origem.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…
Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

O líder da UCID, João Santos Luís, comentou nesta terça-feira, 03 de janeiro, a mensagem de Ano Novo do Presidente…
Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

No dia em que assumiu a presidência do Brasil pela terceira vez, Luiz Inácio Lula da Silva assinou vários decretos…
Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Arrancou ontem, 03 de janeiro, em Moçambique, o processo de Recenseamento Militar edição 2023, sob o lema: “Recenseamento Militar: Promovendo…