Presidentes de Portugal e Angola elogiam cooperação

O Presidentes de Portugal e de Angola, Marcelo Rebelo de Sousa e João Lourenço, respetivamente, mostraram-se satisfeitos com a cooperação entre os dois países. Os governantes reuniram-se por videoconferência, que foi transmitida na passada sexta-feira, 22 de outubro, na quarta edição do Fórum Euro-África. 

Segundo o chefe de Estado português, Portugal e Angola vivem um “relacionamento excecional em todos os domínios”. Já a nível internacional, formam “um eixo muito forte” na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e fora dela. 

“Temos a mesma compreensão quanto à urgência na ultrapassagem da pandemia e temos a mesma compreensão quanto à urgência na recuperação económica e social. Angola está virada para isso, aceleradamente. Portugal também espera um crescimento apreciável este ano, virando uma página e apontando para anos próximos que são ocasião única de dar saltos qualitativos. Se pudermos dar os saltos qualitativos em conjunto, isso é formidável”, disse Rebelo de Sousa. 

O Presidente João Lourenço realçou igualmente as relações de amizade e cooperação entre os dois países, afirmando que as mesmas estavam num “nível bastante alto”. Destacou também o facto de, apesar de Marcelo Rebelo de Sousa e o primeiro-ministro português António Costa serem de partidos diferentes, essa situação não ter prejudicado as boas relações entre os Estados. 

“Portugal pode contar com Angola em todos os momentos, em todas as situações, da mesma forma que Angola conta com Portugal também em todos os momentos e em todas as situações”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin