Remessas de emigrantes nos PALOP subiram 14,2%

As remessas dos emigrantes nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) aumentaram 14,2% em maio, de acordo com o Banco de Portugal. Passaram de 24 milhões de euros em maio de 2021 para 27,4 milhões em maio deste ano.

O regulador financeiro divulgou dados que indicam que a referida percentagem das verbas enviadas pelos trabalhadores portugueses nos PALOP representam um aumento de quase 30%, comparativamente ao valor enviado em maio de 2020, no início da pandemia da Covid-19.

Os valores de Angola continuam a ser a grande maioria do total. Os emigrantes portugueses nesse país africano enviaram 26,6 milhões de euros em maio, significando mais 13,9% do que os 23,4 milhões enviados em maio de 2021.

Ao todo, os portugueses a trabalhar no estrangeiro enviaram 288,07 milhões de euros, sendo essa uma subida de 1,15% face aos 284,8 enviados em maio do ano passado.

Já os estrangeiros a trabalhar em Portugal enviaram para os seus países de origem 42,61 milhões de euros, sendo essa uma subida de 8,92% comparativamente aos 39,12 milhões enviados em maio do ano passado.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …