Lusofonia | Notícia

Revista de Imprensa Lusófona de 14 de fevereiro de 2018

O “Jornal de Angola” faz manchete com a fotografia do atual Presidente da África do Sul com o título “Zuma tem até hoje para deixar o poder”. Sobre Angola, o jornal “O País” informa em manchete que “Angola produziu menos petróleo em janeiro”.

Em Moçambique, o matutino “O País” escolhe o título esta quarta-feira “Água cada vez mais escassa em Maputo”. O jornal “Notícias” refere-se ao mesmo tema e sublinha “Mais restrições de água a partir de amanhã” , em Maputo, Matola e na Vila de Boane.

Sobre Cabo Verde, o “Expresso das Ilhas” destaca esta manhã que “CV Telecom mantém gestão da rede pública, só muda o modelo”. A página oficial do Governo informa que “Governo condecora escritor Luís Romano e a Marinha do Brasil com medalha de mérito cultural”.

“Força feminina dá estandarte ao Salgueiro”, refere o jornal do Brasil “O Globo” sobre a escola de samba que ganhou o prémio deste Carnaval no Rio de Janeiro. A “Folha de São Paulo” destaca que “Governo usa BNDES [Banco nacional do desenvolvimento] para conter o endividamento”.

“Autoridades são-tomenses oficializam plano estratégico de combate à pesca ilegal”, é um dos títulos de destaque do portal da agência de notícias de São Tomé e Príncipe “STP-Press”, que dá ainda conta que “Presidente da FIFA visita São Tomé e Príncipe a partir de segunda-feira [19 de fevereiro]”.

A página institucional da Guiné Equatorial faz saber que o Governo ordeu o encerramento da Embaixada equato-guineense no Chade e no Congo-Brazaville. O portal de notícias “Asoguede 2ª etapa” informa que “Começa a terceira sessão do macroprocesso contra CI”.

O “Jornal de Notícias”, em Portugal, faz manchete com o título “PSP reforça armas contra o terrorismo”, e o “Público” dá conta que “Gulbenkian perdeu 22% de património entre 2006 e 2016”.

A “Rádio Jovem” da Guiné-Bissau, destaca esta manhã que “Liga Guineense dos Direitos Humanos exige abertura de inquérito da morte do cidadão da Guiné-Bissau”. O blog de notícias “Guineendade” tem como título principal “PAIGC mantém laços com a Frente Polisário mas não muda posição da Guiné-Bissau sobre Saara Ocidental”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo