capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Em Portugal o “Observador” escreve que “João Ferreira voltou com a missão de atacar PSD (e Chega). António Filipe chama Chega de ‘aberração’”. Ainda sobre as eleições legislativas, no “Jornal de Notícias” lê-se que o “Resultado eleitoral do CDS-PP não impede Nuno Melo de avançar”.

Quanto a Cabo Verde, o “Expresso das Ilhas” publica que o “MpD defende que dados do sector aéreo do último trimestre de 2021 são positivos”. A “Inforpress” refere “Santo Antão: PAICV diz que deputado Armindo Luz quer desviar atenção sobre exploração ilegal de pedreira”.

Na Guiné-Bissau a “ANG” menciona que o “Presidente da República recomenda construção de  Esquadra Policial em Quinhamel para combater roubos de gado”.

Segundo o “Jornal de Angola”, o “Governo aprova plano de endividamento para 2022”. A “Angop” noticia que “Angola anuncia mecanismo de protecção às vítimas de tráfico”.

Em São Tomé e Príncipe o “Jornal Transparência” destaca “A importância do INE [Instituto Nacional de Estatística] de São Tomé e Príncipe e as suas especificidades”. A “STP-Press” indica que “Nigéria e São Tomé e Príncipe reforçam cooperação na área da defesa”.

“Ângela Freitas primeira candidata a registar-se para presidenciais em Timor-Leste”, partilha o “Sapo Notícias” sobre Timor-Leste. A “Tatoli” divulga que o “Governo analisa execução dos projetos financiados pelo FI [fundo das infraestruturas]”.

No Brasil “O Globo” tem em destaque o título “Bolsonaro decreta luto de um dia por morte de Olavo de Carvalho”. A “Folha de S.Paulo” informa que a “AGU [Advocacia-Geral da União] questionou dispensa de licitação, prazo e preço de transporte de vacina infantil”.

“Governo decreta Luto Nacional pela morte de 28 pessoas no acidente da Zambézia”, de acordo com “O País”, em Moçambique. A “Folha de Maputo” avança que foi “Encontrado morto administrador do distrito de Tete”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin