São Tomé e Príncipe: Banco Internacional promete crédito às empresas

O Presidente da República São-tomense, encontrou-se na passada quinta-feira, 18 de novembro, com uma delegação do Banco Internacional de STP.

O encontro que decorreu na sala de audiências do Palácio do Povo serviu para o Presidente da Comissão Executiva do Banco Internacional de São Tomé e Príncipe, BISTP, Miguel Malheiro Reymão manifestar à disponibilidade de apoiar empresas e particulares com linhas de créditos a juros razoáveis visando relançamento da economia do País.

Miguel Reymão à saída disse que “nós temos linhas de créditos especiais e taxa de juro razoáveis, com vista a apoiar economia por intermédio de financiamentos e créditos, destinados a qualquer projecto que seja viável económica e financeiramente”.

Este responsável disse ainda que “uma das situações que defendemos, de facto, é o envolvimento da iniciativa privada, o empreendedorismo, estamos disponíveis a fazer perante pequenas, médias e grandes empresas”.

O Presidente da Comissão Executiva do Banco Internacional de São Tomé e Príncipe finalizou dizendo que “é importante que as iniciativas privadas por si, apresentem também os seus projectos nas diversas áreas da economia”.

One Comment

  1. Conceicão Pereira

    Finalmente uma luz no fundo de tunel . Ninguem que seja lucido entende as politica macroeconomica de Banco Cental nem dos banco comerciais em São Tome com as taxas de juros praticado num pais pobre com quase sem poder de compra.

    E como que não bastasse levas com taxas e importos exorbitante das Alfandega sem paralelo em comercio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin