São Tomé e Príncipe: Carlos Vila Nova acredita novos embaixadores

O Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Carlos Vila Nova acreditou esta terça-feira, no Palácio Presidencial quatro novos embaixadores, nomeadamente, da Índia, Argélia, Reino Unido e Suécia.

O ato aconteceu em cerimónias separadas, tendo credenciado primeiro a diplomata da República da Índia Raghu Gururaj que manifestou a vontade do seu País relançar a cooperação em várias áreas de atividades, tendo citado agricultura, infraestruturas, saúde, formação, projetos sociais, entre outros setores de interesse comum.

O segundo foi o Embaixador de Argélia, Abdelhakim Mihoubi que manifestou a disponibilidade de relançamento de cooperação com São Tomé e Príncipe, sobretudo, nos sectores da energia, educação e outras áreas económicas na base de “relações históricas entre os dois País”.

O do Reino Unido foi o terceiro, Roger Stringer que à saída disse que tem interesse nas áreas do ambiente, educação, e manifestou interesse em conceder bolsa de estudos para estudantes São-Tomenses no Reino Unido e outras acções e planos, questões de interesse comum a identificar.

Carlos Vila Nova fechou a sessão de acreditação com a nova embaixadora da Suécia, Ewa Polano que manifestou a vontade do seu País de relançar a cooperação nas áreas do ambiente, telecomunicações, infraestruturas tendo citado aeroporto e porto, para depois anunciar um convite para São Tomé e Príncipe participar, em julho, numa conferência sobre o ambiente em Estocolmo, Suécia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

A Comissão Económica da ONU para África está em São Tomé e Príncipe, com o objetivo de discutir com o…
Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea b) do número…
Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin