São Tomé e Príncipe: deputados aprovam o Orçamento, na generalidade

Os deputados São-Tomense aprovaram esta terça-feira, na generalidade, o Orçamento Geral do Estado, (OGE) 2022 orçamentado em 158 milhões de Euros.

O orçamento foi aprovado com 28 votos a favor, sendo 23 do MLSTP-PSD, 05 da Coligação PCD-MDFM-UDD, opondo-se aos 23 votos contra, saídos da oposição formada por 21 votos do partido ADI e 02 do Movimento Cauê e ainda 1 abstenção.

A discussão do orçamento na especialidade terá início dentro de dias, com vista a aprovação final-global ainda antes do fim do ano, para depois o documento seguir para aprovação para o Presidente da República.

Estimado em cerca de 158 milhões de Euros, o OGE de 2022 é suportado em cerca 51% por recursos externos e quase 48, 9 através de recursos internos, prevendo-se no quadro orçamental um crescimento da economia na ordem de 2,8% do PIB e uma inflação na ordem 7,5% do PIB.

Além de um processo negocial visando ao reajuste salarial da função pública, no âmbito do total orçamentado cerca de 56,4% se destina a despesa de funcionamento, 38% para despesas de investimento e 5,3% pata amortização das dívidas.

Quanto ao investimento no País, prevê-se um gasto de cerca de 20% para o sector das infraestruturas, seguido da saúde com 16%, educação entre os sectores dependendo das prioridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin