São Tomé e Príncipe: Volta ao Estado de Calamidade

O Governo liderado pelo Primeiro Ministro Jorge bom Jesus, num comunicado à imprensa, enviado esta sexta-feira, decretou que o arquipélago São-Tomense volta, a partir deste sábado, 8 de dezembro, ao Estado de Calamidade.

Neste comunicado tornado público e para fazer face ao aumento, nas últimas semanas, de casos da Covid-19, sobretudo, por variante Ómicron, proíbem-se as discotecas e os conjuntos nos fundões.

O anúncio foi feito pelo Ministro da Presidência, Conselho de Ministros, Comunicação Social e Novas Tecnologias, Wuando Castro, que “considera a elevada taxa de contágio que esta variante Ómicron tem demostrado, o Governo decidiu prorrogar a Situação de Calamidade em STP até ao dia 31/01/2022 em todo o território Nacional, nos termos da Lei nº4/2016 – Lei de base da proteção civil e de bombeiros”.

O governo proíbe também a “realização de festivais musicais e de festas públicas, realização de piqueniques, festas, festivais e venda ambulante nas praias”.

No comunicado o governo diz que “no que toca às aulas presenciais, decidiu manter as escolas abertas, respeitando o uso obrigatório de máscaras e todas as medidas sanitárias gerais, em virtude da campanha de vacinação para os adolescentes dos 12 aos 17 anos, que começará no dia 17 de janeiro próximo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

O Governo angolano divulgou que o ananás, a banana, a batata-doce, a carne de cabrito, a mandioca e os ovos são os produtos que alcançaram a autossuficiência no país.  Isto…
Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

A Administração Nacional de Estradas, ANE, IP. lançou dia 12 de janeiro alerta de que distrito de Phafuri, na Provincia…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin