Acusação de corrupção atinge dois deputados do MLSTP/ PSD

O Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, José Diogo, apresentou uma queixa-crime contra dois deputados do maior partido da oposição MLSTP/PSD. Jorge Amado e Hélder Neves são os deputados do MLSTP/PSD que foram indiciados da práticas de crimes de corrupção e falsificação de documentos.

A queixa-crime apresentada no Ministério Público está relacionada com a atribuição de um passaporte diplomático ao filho do deputado de Hélder Neves.

Segundo a acusação, a idade no documento terá sido falsificada para que fosse considerado menor e com isso beneficiar de passaporte diplomático.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin