Acusação de corrupção atinge dois deputados do MLSTP/ PSD

O Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, José Diogo, apresentou uma queixa-crime contra dois deputados do maior partido da oposição MLSTP/PSD. Jorge Amado e Hélder Neves são os deputados do MLSTP/PSD que foram indiciados da práticas de crimes de corrupção e falsificação de documentos.

A queixa-crime apresentada no Ministério Público está relacionada com a atribuição de um passaporte diplomático ao filho do deputado de Hélder Neves.

Segundo a acusação, a idade no documento terá sido falsificada para que fosse considerado menor e com isso beneficiar de passaporte diplomático.

 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

O deputado Paulo Pisco, eleito pelo círculo da Europa para atuar na Assembleia da República de Portugal, foi reeleito, por…
Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

A Guiné Equatorial manteve o 51.º lugar no Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG) 2022, de acordo com um relatório…
Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

O Banco Nacional de Angola (BNA) prevê uma taxa de inflação entre 9 a 11% até ao final de 2023.…
Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

A empresa portuguesa de transportes rodoviários Alsa Todi informou esta semana que tem a decorrer o recrutamento de mais 21…