São Tomé e Príncipe

Comunicação Social São-tomense reconhecida pelo governo

A comunicação social e os “profissionais” da área têm desempenhado um papel importante na cobertura dos “factos, ações e dados relativos a pandemia coronavirus no país” – disse ontem o porta-voz do governo, o Ministro da Presidência, Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, Wando Castro.

Wando Castro começou por agradecer aos fazedores comunicação em massa com o reconhecimento à imprensa são-tomense, num comunicado do comunicado do Conselho de Ministros lido na noite desta segunda-feira na altura do anúncio de novas medidas restritivas impostas pelo governo no combate a propagação da Covid-19 no País.

No comunicado, o porta-voz do conselho de ministro disse que “o governo aproveita a ocasião para reconhecer e agradecer publicamente todo o esforço que tem sido assumido pelos profissionais da saúde, jornalistas, bombeiros, forças de defesa e segurança e todos aqueles que direta ou indiretamente têm dado o melhor de si nesta batalha árdua contra este inimigo invisível”.

Ainda no comunicado, o governo decidiu colocar os órgãos da comunicação social no patamar dos serviços públicos considerados essenciais que funcionarão a tempo inteiro, apesar da limitação do novo horário da função pública das 7:30 às 13 h bem como o encerramento de outros serviços considerados de não essências tendo em conta, sobretudo, a decisão do confinamento geral e obrigatório no âmbito de combate a contaminação da doença.

O governo explicou que a medida do confinamento não abrange os funcionários dos sectores essenciais, incluindo, os jornalistas bem como trabalhadores por turno e prestadores de serviços no sector alimentar, que deverão ser portadores de uma credencial para o efeito.

O executivo montou pontos focais nos órgãos da comunicação social, designadamente, na Televisão São-Tomense, TVS, Rádio Nacional e Agência de notícias “STP-Press”, e tem estado em conexão para melhor prestação de servição informativo a sociedade nacional.

Dados das últimas 24 horas dão conta que São Tomé e Príncipe tem um registo de um total de 174 casos de coronavírus, tendo já resultado três mortes.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo