São Tomé e Príncipe

Kosmos Energy é a nova operadora do Bloco 12 na ZEE de STP

A empresa petrolífera Kosmos Energy é a nova operadora do Bloco 12 na Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe.

A Equator Exploration transferiu “65 por cento dos seus direitos, interesses, responsabilidades e obrigações emergentes do Contrato de Partilha de Produção” do referido bloco.

Entretanto, a Equator conserva 22,5 por cento do Bloco e o Estado santomense, através da Agência Nacional do Petróleo detém 12,5 por cento do interesse participativo desse Bloco.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP-STP), em representação do Governo santomense aprovou o acordo celebrado entre as duas companhias, diz um comunicado da instituição.

O Bloco 12 da ZEE tem em média uma profundidade de 2.500 metros e cobre uma área de 7.032 km2.

A Kosmos Energy é uma companhia de exploração e produção de petróleo e gás de direito americano, com sede no Texas, Estados Unidos. A empresa desenvolve as suas atividades em áreas emergentes e em zonas offshore de vários países, nomeadamente Portugal, Gana, Mauritânia, Senegal e Sahara Ocidental.

A Equator Exploration e a ANP-STP tinham assinado o Contrato de Partilha de Produção para o Bloco 12 em meados de fevereiro último.

Com o acordo agora assinado, a Kosmos Energy passará a “conduzir todo o processo de pesquisa, incluindo os estudos sísmicos”.

Durante as negociações deste acordo, a ANP-STP “salvaguardou os interesses do Estado santomense”, sublinha o comunicado.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo