São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe reforça medidas de combate ao abate de árvores

O Ministro da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, de São Tomé e Príncipe, Francisco Ramos, anunciou na passada terça-feira, algumas medidas de combate aos infratores que abatem árvores na floresta no país.

O responsável da pasta da Agricultura fez o anuncio na cerimónia de entrega de Diplomas aos formandos da acção de capacitação para a protecção do parque “Ôbô” e disse que “temos que travar um combate sério, responsável e de forma coordenada contra o abate indiscriminado de árvores”.

Francisco Ramos, disse que “além de medidas administrativas”, o governo em que faz parte vai autorizar medidas de sensibilização como uma das formas de mitigar a situação em prol de sustentabilidade ambiental no País.

Para o governante, o abate de árvores, além de pôr em causa o “equilíbrio ambiental, inviabiliza ao homem o oxigénio, a dieta alimentar das quais estes dependem de recursos produzidos pelas florestas”.

A fiscalização das zonas florestais e de cultivos conta igualmente com a colaboração das forças policiais e do Exército do País.

Ramos que falava de forma implícita aos “madeireiros e caçadores furtivos”, na altura que fazia entrega de Diplomas aos 31 guardas denominados “Guardiões” que vão proteger o parque Ôbô da Ilha de São Tomé, numa acção de formação financiada pela União Europeia e materializada pela ONG “Birdilife”.

Os Guardiões vão trabalhar para preservar a biodiversidade de São Tomé, um património que alimenta e dá vida ao turismo sustentado.

Além destes Guardiões, autoridades viabilizaram a constituição de cinco postos de controlo e fiscalização de produtos produzidos no âmbito agro-alimentar, onde se exige certificados de produtos de agricultores legalizados ou de empresários donos de médias empresas agrícolas.

Com estas medidas, autoridades tencionam travar roubos em parcelas agrícolas em diversas partes do País, incluindo a Região Autónoma do Príncipe.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo