São Tomé e Príncipe

STP: Danilson Coutu eleito por aclamação presidente do PCD

PCD Danilson Coutu

Danilson Cotu, deputado eleito pelo partido PCD é o novo presidente do Partido da Convergência Democrática, PCD, eleito este domingo por aclamação no VIII congresso do partido realizado no Palacio dos Congressos no centro da cidade, substituindo assim Arlindo Carvalho.

Coutu, líder da coligação PCD-MDFM-UDD, eleito numa única lista com dois vice-presidentes, nomeadamente, Elves Reis e Eula Carvalho, da Região Autónoma do Príncipe.

A usar da palavra, Coutu disse que “a nova direção assume o compromisso de cumprir e ser leal aos acordos rubricados por anterior direção com outras forças políticas, nomeadamente, a união com o MDFM e UDD bem como o acordo de incidência parlamentar com o MLSTP-PSD num pacto político que sustenta a nova maioria atualmente no poder no país”.

Esta nova direcção do PCD vai içar ainda mais alta a bandeira da defesa dos valores da democracia, da igualdade e oportunidade para todas e todos são-tomenses…”, sublinhou Danilson Coutu que prometeu envolvimento e união de todos no processo de relançamento do partido.

Formado em sociologia no Brasil, docente nas universidades de São Tomé, Danilson Coutu, além de funções de deputado, foi também ministro da Juventude e desporto de São Tomé e Príncipe entre outros cargos públicos.

Por intermédio do supracitado pacto com os partidos MDFM e UDD, o PCD está actualmente no poder incorporado na Coligação PCD-MDFM-UDD, com 5 dos 55 assentos parlamentares são-tomenses, através de um acordo de incidência parlamentar com MLSTP-PSD que dispõe de 23 assentos.

O maior resultado eleitoral de sempre do PCD foi em 1991 quando conseguiu eleger 33 dos 55 deputados que compõem o Parlamento São-tomense.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo