São Tomé e Príncipe

STP: Falta de testes PCR impede contabilizar recuperados

A ausência de testes por PCR inviabilizam contabilizar mais recuperados, disse na sexta-feira a directora dos Cuidados de Saúde, Feliciana Pontes.

A responsável falava sobre os quatro casos de recuperados do Covid-19 no País e a não evolução desse número, esclarecendo que existem pessoas que já não apresentam qualquer sintoma relacionada com a doença, mas que necessitam fazer uma contra análise.

“Temos nesse momento apenas quatro recuperados porque precisamos de repetir testes por PCR em algumas pessoas”, esclareceu Feliciana Pontes.

A directora dos Cuidados de Saúde garantiu que “só depois da realização de dois testes por PCR em que os resultados sejam negativos é que podemos considerar as pessoas como recuperadas”.

Devido à ausência de um laboratório com capacidade para testar o Covid-19, o País já recorreu com à ajuda da OMS, aos laboratórios do Gabão, em Franceville, da Guiné Equatorial e do Gana.

Recorde-se que o Presidente da República, Evaristo Carvalho apelou na quarta-feira à comunidade internacional “de modo a assegurar que os testes diagnósticos sejam realizados no território são-tomense e de forma contínua”.

Na abertura de uma reunião sobre a evolução da Pandemia no País em que esteve presente a Coordenadora das Nações Unidas em São Tomé, Zhaire Virane, o Presidente da República fez um veemente apelo à Comunidade Internacional, na pessoa da presente no sentido de entre outras questões que serão vistas com o Ministério da Saúde, “o Laboratório e os respectivos reagentes, de modo a assegurar que os testes diagnósticos sejam realizados em STP de forma continua”.

Sugeriu ainda que a solução encontrada de envio de testes para o estrangeiro “não parece ser a mais indicada”.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo