São Tomé e Príncipe

STP: Governo Regional do Príncipe pretende fechar ilha

José Cassandra

O Governo Regional do Príncipe pretende suspender a ligação aérea e marítima entre a ilha de Príncipe e a de São Tomé, de modo a evitar a propagação da pandemia na ilha reserva mundial da biosfera.

A notícia foi avançada este domingo pelo Ministro da Presidência e do Conselho de Ministro, Wando Castro, quando fazia o balanço das quarentenas e outras medidas adotadas no âmbito da prevenção ao Coronavírus.

Wando Castro, disse que “recebemos uma proposta do governo regional do Príncipe para a suspensão de voos de ligação entre Príncipe e São Tomé é uma medida que nos consideramos que tem implicações gravosas, mas iremos analisá-la na próxima sessão de Conselho de Ministros”.

Sobre as quarentenas impostas aos viajantes que chegaram sábado a STP, nomeadamente 110 passageiros no voo da STP-Airways, as atletas da seleção feminina de futebol vindas dos Camarões, e 10 operadores do tráfego aéreo saídos do Gana, Wando Castro disse que “ da avaliação feita pelas equipas médicas, até agora nenhum passageiro manifesta sinais ou sintomas relacionados com coronavírus. Para nós é uma informação positiva”.

Por outro lado, o governante desmentiu informações segundo as quais a existência de onze pessoas do voo da STP-Airways de quarentena num hotel em São Tomé, sublinhando que “ aproveito para desmentir esta situação”

“Acontece que a sala de conferência de hotel foi preparada para albergar um número elevado de pessoas. A sala está com 60 beliches com 15 pessoas respeitando as distâncias sanitárias exigidadas”, explicou o ministro da Presidência, Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo