STP: Inicia campanha de vacinação da segunda dose contra a covid-19

O Chefe do Governo de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, recebeu à segunda dose na vacina AstraZeneca, no arranque de mais uma campanha de vacinação contra a Covid-19.

O arranque aconteceu na passada segunda-feira, e o Primeiro-ministro são-tomense, disse que “mais vale prevenir que remediar”, numa forma clara de incentivar a população a tomar a 2ª dose da vacina contra ocoronavírus. Também o Ministro da Saúde, Edgar Neves, recebeu a dose final do imunizante da plataforma Covax.

Jorge Bom Jesus considerou esse atos de um “dever cívico e sanitário e possa servir de exemplo a população no sentido de encarrar esta pandemia da Covid-19 com muita seriedade”.

O Primeiro-ministro afirmou que a “chegada paulatina ao País da vacina AstraZeneca de acordo com o programa com os parceiros da plataforma Covax, nos próximos tempos aguardamos pela chegada de outras vacinas”.

A 1ª dose da vacina AstraZeneca da Covax começou a ser aplicada a 15 de Março último a um primeiro grupo de mais de 12 mil pessoas consideradas prioritárias no âmbito do programa nacional de vacinação faseada, prevendo-se, até Março de 2022 vacinar 70% da população do arquipélago com cerca de 200 mil habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin