Portugal | São Tomé e Príncipe

STP: Instituto Vale Flor vai ajudar São Tomé e Príncipe com apoio da cooperação portuguesa

O Administrador Executivo e Diretor de Projeto do Instituto Vale Flor, Ahmed Zaky, felicitou esta segunda-feira, o Ministro da Saúde Edgar Neves por “conseguir controlar a pandemia de Covid-19”.

Essas palavras foram preferidas a saída do encontro com o Ministro da Saúde, em audiência, na qual foi abordada a situação sanitária.

Ahmed Zaky disse à saída do encontro que o motivo deste “é para fazer um balanço do Projeto Saúde para Todos, porque no último ano desta fase o projeto honrou uma sustentabilidade, ver todas as realizações que conseguiu até agora e tentar perspetivar também o futuro”.

O Administrador Executivo do Instituto Vale Flor disse ainda que “vim felicitar o ministro de saúde, que conseguiu controlar a pandemia pelos números que temos e pelos factos que conseguimos observar, na segunda vaga que está a invadir a Europa toda e o mundo inteiro, não se está a verificar aqui porque houve um trabalho bastante meritório, mas não se pode relaxar”.

“Hoje em dia a pandemia ensinou-nos que é preciso reforçar o sistema de saúde ao nível mundial” – referiu Zaky, para depois acrescentar que, “vimos que os países economicamente ficaram paralisados, no entanto é preciso investir na saúde como um fator fundamental em todos os aspetos de vida”.

Zaky disse ainda que “a saúde tem que ser vista como um sistema que depende de muitos fatores, como os políticos, tudo que é financiamento, recurso humano, infraestruturas, especialização e também sistemas de informação, tudo isso passamos em revista, e isso tudo é fundamental para que haja uma visão única”.

“Como sempre vamos honrar os nossos compromissos e vamos com ajuda da Cooperação Portuguesa, a Direção Geral da Saúde e outros parceiros continuar a este caminho que permitiu a São Tomé e Príncipe ocupar em África o terceiro país em termos de indicador da saúde” – explicou Ahmed Zaky.

O Administrador Executivo e Diretor de Projeto do Instituto Vale Flor, terminou dizendo que “ com a pandemia do Covid-19, já conseguimos reforçar sobretudo o laboratório e o hospital de campanha, estamos agora a fazer este curso de formação, e os 6 melhores candidatos que saírem  desta formação irão a Portugal fazer formação intensiva para terem capacidade de intervir não só a covid-19 mas também noutra pandemia que possa a vir a ser encarada no país, isto é a nossa aposta no futuro”.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo