São Tomé e Príncipe

STP: Intendente Samuel António é o novo diretor da PJ

Samuel António, Intendente e quadro da Policia Nacional, de 43 anos de idade é o novo diretor da Polícia Judiciária de São Tomé e Príncipe.

Samuel António vem assim substituir Aurito Vera Cruz que exercia as funções de coordenador desta polícia, segundo um despacho do governo a que a E-global teve acesso, assinado pela ministra da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos, Ivete Lima.

A nomeação deste responsável acontece três dias depois de um Tribunal de São Tomé ter decretado prisão preventiva a três agentes da Policia Judiciaria, PJ, tendo ainda ditado prisão domiciliaria a cinco destes e TIR a um outro agente desta mesma polícia por suspeita num caso da morte de um jovem de 23 anos que faleceu no hospital, momento depois de sentir-se mal na cela da PJ.

Há pouco mais de uma semana, o governo através da ministra da Justiça, Ivete Lima, lamentou profundamente e decidiu abrir inquéritos sobre a morte do jovem Nelson Rita “lady” de 23 anos que faleceu no dia 26 de março no hospital de São Tomé, momento depois de sentir-se mal na cela da Policia Judiciária, PJ, onde se encontra por agressão a sua mulher com violentos golpes de catana, tendo andado foragido antes de se entregar aos guardas prisionais da cadeia central de São Tomé.

Logo após o caso da morte de Lady, a primeira mexida aconteceu no pelouro da Cadeia Central de São-Tomé, donde, saiu o Director Geral dos Serviços Prisionais e Reinserção Social, Lazaro Afonso que foi demitido das suas funções através de um despacho do governo assinado, conjuntamente, pelo primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus e a Ministra da Justiça. Ivete Lima.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo