STP: Manifestantes queimam viatura da juíza

Jovens manifestantes queimaram na noite desta segunda-feira a viatura da juíza presidente da Assembleia de Apuramento distrital, depois de terem tomado conhecimento que Natasha Amado Vaz estaria alegadamente a favorecer o partido ADI na recontagem de votos nulos e brancos.

Os militares que estavam a proteger o edifício da Comissão Eleitoral Distrital fizeram disparos para tentar manter a ordem. Os manifestantes responderam com pedras e paus.

A magistrada saiu escoltada pelos militares e pediram-na para dar o recado ao presidente do Tribunal Constitucional, José Bandeira. Não vão tolerar qualquer tentativa de fraude, como aconteceu nas presidenciais de 2016.

Enquanto a viatura era consumida pelas chamas ouviam-se vozes a gritar: Liberdade! Liberdade! Liberdade!

Toda a tentativa de alguns responsáveis das forças da oposição para acalmar os ânimos, não surtiu efeito.

Os manifestantes enfrentaram também as viaturas dos bombeiros que chegaram para apagar o fogo!

De acordo com os mandatários das forças que estavam na oposição, nomeadamente Hamilton Vaz, a lei eleitoral é clara: a recontagem de votos só se faz, em caso de reclamação proveniente das mesas. Não era o caso. A magistrada foi várias vezes advertida e não quis respeitar a lei.

A iniciativa de fazer essa recontagem foi interpretada como uma tentativa de falsear os resultados expressos nas urnas.

As explicações da juíza, dizendo que os boletins estavam a ser apresentados a todos os integrantes da Assembleia, não convenceram os mandatários. Ela ainda adiantou que algumas urnas chegaram com dois selos diferentes dos seis que as fecham, levantando outras dúvidas.

O apuramento distrital está suspenso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin