STP: Partido ADI critica Governo e Parlamento

O Partido Ação Democrática Independente (ADI) na oposição criticou, esta quarta-feira, o Governo liderado pelo primeiro-ministro Jorge Bom Jesus por causa do aumento de custo de vida e falta de energia elétrica.

Em conferência de imprensa, Alexandra Guadalupe, a porta-voz do Partido, disse também que o parlamento está a atrasar a criação de uma nova comissão eleitoral como forma de comprometer as próximas eleições.

Alexandre Guadalupe disse que “o facto de o Presidente da Assembleia Nacional protelar a realização da sessão plenária estaria a provocar deliberadamente a não constituição da Nova Comissão Eleitoral nos prazos legalmente previstos e consequentemente o atraso para recenseamento eleitoral que deverá permitir aos jovens cidadãos que tenham ou vão completar 18 anos de se recensear”.

O responsável de Ação Democrática Independente disse ainda que “se esses atrasos persistirem impedirão a esses cidadãos o direito ao voto e de escolher os seus legítimos representantes numa clara violação ao que está consagrado na nossa constituição”.

“Os cidadãos perderam a esperança e a juventude procura todas as portas de saída para abandonar o País” – disse Alexandre Guadalupe, para depois acrescentar que “o custo de vida é cada vez mais insuportável, a fome aumenta, a desgraça é tanta porque a criminalidade aumenta, assusta e preocupa todos”.

Guadalupe disse ainda que “fornecimento de energia extremamente deficitário se agrava a cada dia e corre-se o risco de o País ficar definitivamente as escuras sem que haja alguma explicação fiel e concreta”.

O responsável do ADI, disse ainda que “as populações do distrito de Lembá vivem num clima de medo e de incerteza porque não sabem se as próximas chuvas podem levar o que ainda resta das pontes pode-se dizer que o País atravessa o pior momento da sua história”.

O porta-voz do ADI falou também sobre a forma como as autoridades governamentais estão a lidar com a suspeição da doença Dengue, e finalizou dizendo que “são claros os vários sinais de incompetência e de irresponsabilidade demonstrados para fazer face a não só a esta doença, mas também em várias outras situações”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Agência Metropolitana cria comissão de inquérito para investigar causas de acidentes

Moçambique: Agência Metropolitana cria comissão de inquérito para investigar causas de acidentes

A Agência Metropolitana de Transportes de Maputo (AMT) criou esta semana uma comissão de inquérito para investigar os recorrentes acidentes…
Timor-Leste: Lu-Olo preocupado com aumento dos bens essenciais

Timor-Leste: Lu-Olo preocupado com aumento dos bens essenciais

O Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo, está preocupado com a subida dos preços de bens de primeira necessidade. Neste…
Moçambique: Estado perde mais de 300 milhões de meticais devido à corrupção

Moçambique: Estado perde mais de 300 milhões de meticais devido à corrupção

A Procuradora-Geral da República de Moçambique, Beatriz Buchili, divulgou que o Estado moçambicano foi lesado em 2021 em cerca de 303.445.601,7…
Afeganistão: Talibãs proíbem TikTok e PUBG no país

Afeganistão: Talibãs proíbem TikTok e PUBG no país

O regime talibã no Afeganistão proibiu nesta quinta-feira, 28 de abril, o uso da rede social TikTok e do jogo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin