São Tomé e Príncipe

STP: Testes rápidos confirmam 3 casos de Covid-19 em São Tomé

O ministro da Saúde anunciou esta terça-feira no final do dia, que existem 3 cidadãos infetados com a Covid-19 em São Tomé. São todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 20 e 40 anos e oriundos dos distritos de Água Grande e Mé-Zóchi, os mais populosos do país.

A infeção foi detetada através dos testes rápidos que chegaram recentemente ao país, via África do Sul.

«Como já dispomos de testes rápidos e tínhamos pessoas internadas há alguns dias com problemas de foro respiratório, essas pessoas foram todas elas submetidas ao teste. Dos testes feitos, três deram positivos», disse Edgar Neves.

A equipa sanitária já iniciou “a busca de cadeia de contactos” juntos dos familiares e amigos dos três doentes, que “não estão em estado grave e não requerem ventilação assistida”.

Ainda não se tem todas as respostas sobre a forma da contaminação. O governante garante que os três doentes com Covid-19 “não são pessoas que estiveram em quarentena, não viajaram, são cidadãos que sempre residiram no país”. Eles “vivem em zonas dispersas” nos distritos de Agua Grande e de Mé Zóchi, os dois maiores do país.

O ministro prometeu mais informações nos próximos boletins diários. Com a “mesma frontalidade” o governante entende que “é nossa obrigação informar a população que temos o coronavírus instalado no país”.

Perante este novo cenário, “o governo vai agravar as medidas de proteção individual e coletiva. Vai tomar outras medidas mais gravosas, mais duras, no sentido de que toda a nossa população entenda que a doença está no nosso país e temos todos que fazer tudo para reduzir o grau de contaminação”.

Edgar Neves lembrou que o executivo sempre alertou as populações de que era necessário estarmos preparados para o pior cenário e nesse momento “o assunto é muito sério”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo