São Tomé e Príncipe

STP: Tribunal de Contas tem novo Presidente

(C) e-Global
Bernardino dos Ramos Araújo

O jurista Bernardino dos Ramos Araújo é o Presidente de Tribunal de Contas de São-Tomé e Príncipe, e foi empossado no passado segunda-feira, 6 de Janeiro pelo presidente da Assembleia Nacional, Delfim Santiago  da Neves, numa cerimónia na sede do Parlamento.

No seu discurso de investidura, o novo presidente do Tribunal de Contas sublinhou que “a interdependência funcional não pode afastar a separação de poderes, sendo certo que essa interdependência não poder perder de vista o princípio de igualdade, que manda tratar o igual de modo igual e o diferente de modo diferente”.

“Devendo-se, por isso, em cada momento escolher o caminho do diálogo franco e aberto como via de se continuar encontrando soluções criativas que permitam ultrapassar as dificuldades”, sustentou o novo presidente do Tribunal de Contas.

Aos dirigentes, auditores, funcionários e a todos os colaboradores do Tribunal de Contas, Bernardino dos Ramos Araújo disse “o caminho se faz caminhando, pelo meio haverá sempre altos e baixos, mas escolhemos servir o Estado são-tomense através do Tribunal de Contas”.

“Conto com todos e com cada um, em particular, sempre na medida das respectivas responsabilidades para que juntos continuemos a fazer crescer e consolidar as nossas ações enquanto órgão supremo e independente de controlo das contas públicas”, sublinhou o novo presidente.

Bernardino dos Ramos Araújo eleito há poucas semanas pelos seus pares, substitui no cargo o antigo presidente do Tribunal de Contas, José António Monte Cristo que cumpriu o máximo de dois mandatos consecutivos de quatro anos cada.

Na sua intervenção, o presidente do Parlamento, Delfim Santiago das Neves sublinhou que “regozijamos com o mandato que ora se inicia com o novo presidente, augurando-lhe plenos êxitos nos tempos vindouros e, enquanto titular do órgão parlamentar, me predisponho a colaborar na concepção de um ambiente propício à produção de instrumento legislativos que melhor se adaptem ao desempenho, que se aguarda zeloso e profícuo do Tribunal de Contas”

“Gostaria, antes de mais, de felicitá-lo pela sua eleição ao cargo e frisar que o presente acto representa o culminar do trabalho abnegado e reconhecido pelos seus pares que decidiram depositar em si toda a confiança para conduzir os destinos deste importante instituição que é o Tribunal de Contas” – acrescentou Delfim Neves que reconheceu a “competência e a tenacidade” demonstrada pelo ex-presidente José António Monte Cristo.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo