Corpo da Paz dos EUA auxiliou cerca de oito mil timorenses

O Coordenador do Corpo da Paz dos Estados Unidos da América (EUA) em Timor-Leste, Célio Alves, divulgou que cerca de oito mil timorenses beneficiaram, até ao momento, de projetos relacionados com a educação e o desenvolvimento económico comunitário no país. 

“Desde 2002, mais de 200 voluntários do Corpo da Paz dos EUA têm trabalhado em nove municípios de Timor-Leste, servindo já cerca de oito mil pessoas, sendo que 2.700 são mulheres”, declarou Célio Alves, citado pelo site timorense “Tatoli”. 

A mesma fonte lembrou que o Corpo da Paz é uma agência autónoma dos EUA, criada em 1961 com a missão de auxiliar os países em desenvolvimento. A ajuda é feita através da prestação de serviços essenciais e da promoção de laços de amizade entre “os povos americanos e de outras culturas”

Por sua vez, a Diretora do Corpo da Paz, Kavita Pullapully, defendeu que, desde 2002, os voluntários da agência têm causado um impacto significativo e extraordinário na comunidade timorense, sobretudo na educação e na economia comunitária. 

“Os nossos voluntários em Timor-Leste trabalham junto da comunidade, através de projetos ligados à educação e desenvolvimento económico comunitário com base nas necessidades do Governo timorense, pois a nossa missão é promover a paz e amizade”, realçou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

STP: Negócios ilícitos na compra de lugares na mesa de voto

STP: Negócios ilícitos na compra de lugares na mesa de voto

José Carlos Barreiros, Presidente da Comissão Eleitoral Nacional São-Tomense, numa conferencia de imprensa dada esta quinta-feira aos órgãos de comunicação…
Revista de Imprensa Lusófona de 30 de setembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 30 de setembro de 2022

A “Carta de Moçambique” avança que a “População encontra cinco corpos em aldeia de Mueda em Moçambique”. De acordo com…
Moçambique: ICS vai instalar rádios comunitárias em Mocímboa da Praia e Muidumbe

Moçambique: ICS vai instalar rádios comunitárias em Mocímboa da Praia e Muidumbe

Para promover mais o acesso da informação nas zonas rurais, o Instituto de Comunicação Social – ICS, em Cabo Delgado,…
Cabo Verde: PAICV "indignado" com rutura de medicamentos

Cabo Verde: PAICV "indignado" com rutura de medicamentos

O PAICV está “indignado” com a “ligeireza” com que o Governo cabo-verdiano e a Emprofac estão a tratar a situação…