EUA ajudam turismo de Timor-Leste com mais de USD 14 milhões

A Agência Norte-Americana para o Desenvolvimento (USAID, na sigla inglesa) disponibilizou mais de 14 milhões de dólares (12 milhões de euros) para ajudar o setor do turismo de Timor-Leste. 

“A USAID concedeu mais de 14 milhões de dólares para apoiar o setor do turismo no âmbito do projeto ‘Turismo para Todos’”, disse em Díli a Diretora da Missão da USAID, Zema Semunegus, citada pela “Tatoli”. 

Segundo a mesma fonte, o ‘Turismo para Todos’ está a melhorar a conservação dos sítios turísticos para gerações futuras em dois locais principais do país, sendo eles a Ilha de Ataúro e o Monte Ramelau. 

Semunegus acrescentou que foi através do programa da USAID que foram criadas cinco associações de turismo, parceiras da agência norte-americana. Uma encontra-se em Ataúro, tendo como missão proteger os ecossistemas marinhos com a maior biodiversidade do planeta, e outra no Monte Ramelau, ajudando a promover o setor turístico local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin