Economia | Timor Leste

Grupo timorense compra participação da Timor Telecom na brasileira Oi

A participação detida pelo grupo brasileiro Oi na Timor Telecom está prestes a ser adquirida pelo grupo ETO de Timor-Leste e deve ser alcançado em breve um acordo final, confirmou Ivan Pereira de Araujo, chefe do VSLN / consórcio Thelson / Bona Fide.

O consórcio contratado pela Oi para conduzir a negociação e a venda de ações disse que 11 propostas de compra foram analisadas ​​e que a proposta selecionada foi apresentada por ETO, do empresário Nilton Gusmão.

“O facto de ser um cidadão timorense, que tem capacidade financeira e de gestão bem sucedida, foram alguns dos fatores mais importantes para fechar o negócio com Nilton Gusmão”, explicou Pereira de Araujo.

O negócio envolve a maior participação na Timor Telecom (54,01%), controlada pela Telecomunicações Públicas de Timor (TPT), que, por sua vez, tem participação de 76% pela Oi, além de uma participação direta de 3,05% detida pela PT Participações SGPS . Os restantes acionistas da TPT são Fundação Harii – Sociedade para o Desenvolvimento de Timor-Leste (ligada à diocese de Baucau), que controla 18% e Fundação Oriente (6%).

O capital da Timor Telecom é dividido entre TPT (54,01%), o Estado timorense (20,59%), VDT Operador Holdings (17,86%) uma empresa com sede em Macau, e o empresário timorense Julio Alfaro (4,49%).

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo