MNE da Austrália visita Timor-Leste para reforçar laços

A ministra dos Negócios Estrangeiros (MNE) da Austrália, Penny Wong, aterra em Timor-Leste nesta quarta-feira, 31 de agosto, para uma visita de 24 horas. O objetivo da intensa agenda bilateral é reforçar os laços bilaterais entre os dois países, segundo a governante.

Outro ponto consiste em avaliar o apoio ao desenvolvimento de Timor-Leste, acrescentou.

“A Austrália e Timor-Leste são vizinhos próximos, com uma história partilhada e fortes ligações entre pessoas. Como sempre, a minha abordagem será ouvir, e estou ansiosa para discutir como é que a Austrália pode continuar a apoiar o desenvolvimento económico de Timor-Leste, as propostas da ASEAN [Associação de Nações do Sudeste Asiático] e da OMC [Organização Mundial do Comércio] e as prioridades da mobilidade laboral”, declarou Wong, através de um comunicado.

“A Austrália está empenhada em trabalhar em conjunto com a Papua Nova Guiné e Timor-Leste no interesse de um Indo-Pacífico estável, resiliente e próspero”, prosseguiu, referindo-se aos dois países que visita esta semana.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …
Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Passos, disse que a corporação irá investigar eventuais crimes praticados durante o governo do…
Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

A economia ucraniana baixou 30,4% em 2022. O motivo deve-se à invasão russa, iniciada a 24 de fevereiro.  Trata-se de uma…